Aula 1

O Poder de Ministrar Energia? Um grande Mistério

A seguir, falarei sobre a Era Espiritual, da qual a religião deve ser o elemento central. Mesmo no campo da eletricidade, existem espírito e matéria. A matéria é a luz elétrica, por exemplo, a luz da lâmpada, e o espírito seriam as ondas do rádio. A televisão e o rádio são exemplos disso. O fato de a voz humana alcançar milhares de quilômetros de distância em forma de ondas representa a atuação do Mundo Espiritual das Palavras.

A parte material do Mundo das Partículas Atômicas foi detectada através da descoberta da desintegração do núcleo do átomo; todavia, a parte espiritual, que no campo religioso corresponde ao Mundo do Pensamento, é desconhecida pela Ciência.

Vejamos, agora, o Mundo das Partículas Espirituais. Sua parte material equivale ao local onde atuam os espíritos divinos e espíritos de níveis inferiores. As religiões tradicionais surgiram naquele mundo, e a existência de diferentes níveis de religiões se deve ao fato de as divindades e demais espíritos terem níveis.

Na parte espiritual do Mundo das Partículas Espirituais (que denomino de Mundo Oculto), estão as divindades mais elevadas que desenvolvem a Providência Divina propriamente dita. Acima destes três planos, posiciona-se o Deus Onipotente, Senhor e Criador do Universo. Não existem palavras que possam descrevê-Lo. Só se pode afirmar que se trata do centro do Poder Absoluto e Misericordioso, fonte de todas as coisas.

Passarei a explicar cientificamente sobre a essência da salvação divina e dos pecados. Originariamente, existem no mundo várias religiões de porte grande, médio e pequeno. Em todas elas, suas divindades e espíritos, calcados no propósito de salvação da humanidade, têm estendido suas mãos do Mundo Espiritual, para realizar a obra da salvação deste mundo por intermédio das pessoas que têm afinidade com eles.

Naturalmente, o seu fundamento está no Plano do Deus Supremo, que atribui a obra de salvação de acordo com a época, povo, local e tempo. Isso acontece quando, em determinada região, verifica-se o acúmulo de pecados que chega a interferir no progresso da cultura. Desde a Antiguidade, a religião vem atuando na eliminação dos pecados, causa da infelicidade do ser humano. Mas o que vem a ser o pecado? Espiritualmente, a nível individual, são as máculas do espírito; a nível coletivo, são as máculas do Mundo Espiritual dessa região.

E o que vêm a ser máculas? Tratam-se de uma espécie de microrganismos nocivos que surgem e vivem no elemento água.

São partículas extremamente minúsculas, invisíveis mesmo através dos microscópios. Essas partículas surgem e aumentam através dos maus pensamentos e más ações, tornando-se a causa dos sofrimentos humanos. Por outro lado, elas são destruídas pelos bons pensamentos e boas ações. Quando as máculas aumentam e atingem certo limite, ocorre naturalmente um processo natural de purificação. Quando esse processo é de pequena escala, manifesta-se no indivíduo em forma de doenças e infortúnios; numa escala maior, em forma das três pequenas calamidades: fome, doença e guerra. Quando a purificação atinge uma proporção maior, toma a forma das três grandes calamidades, que são a tempestade, a inundação e o incêndio. No entanto, a atividade que reduz o máximo possível ou até mesmo elimina os infortúnios minimizando a infelicidade é a Luz espiritual que se origina no grande amor das divindades.

Participe da discussão

1 comentário

Deixe um comentário